Operação internacional movimenta cerca de 50 federais na 104 Norte

Mais de 50 policiais federais realizaram uma operação  que durou cerca de sete horas na Asa Norte. Ela teve início por volta das 8h desta sexta-feira (24/4), no Bloco K da Quadra 104. Integrantes do Grupo Antibomba da corporação estiveram no local, mas nenhum agente deu informações sobre a ocorrência. Por volta das 14h, os policiais deixaram o prédio. Pelo menos três computadores foram levados, além de malotes com documentos, mídias, pen drives e envelopes. Mais cedo, fontes da PF informaram que a ação teve caráter internacional e fugia dos padrões da Polícia Federal brasileira.

Breno Fortes/CB/D.A Press

O foco dos agentes foi um apartamento de três quartos no terceiro andar do prédio. Nele, moram um casal e um bebê, que seria filho dos dois. O  homem seria o advogado brasileiro Marcelo Bulhões. A mulher também seria brasileira, mas ambos são da religião muçulmana Eles moram há cerca de um ano e meio no edifício.

Macelo tem um escritório particular dentro do apartamento e trabalha com direito internacional. Policiais federais, acompanhados do representante da Comissão de Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Distrito Federal (OAB-DF), Mauro Lustosa, entraram no escritório dele. Uma lei proíbe que policiais entrem em escritórios de advocacia sem um integrante da OAB.

Breno Fortes/CB/D.A Press

Segundo Lustosa, a operação foi motivada por um mandado de busca e apreensão por supostos documentos falsos. Mas não se sabe os papeis seriam dele, produzidos por ele ou de clientes, por exemplo. Não há indicação de que o casal vá preso, mas o advogado foi intimado a comparecer na Polícia Federal.

“Em nenhum momento foi tratada a questão religiosa ou como um caso de ameaça terrorista”, argumentou Lustosa. No entanto, ainda não se pode descartar essa possibilidade. Durante a revista ao apartamento, a polícia usou cães farejadores. O casal está no apartamento e não falou com a imprensa.

Segundo vizinhos, os casal sempre passeia pela quadra com uma criança em um carrinho de bebê, mas não conversam muito. Ainda de acordo com eles, a mulher sempre usa burca, veste feminina característica dos muçulmanos, que cobre o rosto e o corpo das mulheres.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s