INABILIDADE PARA ENXERGAR O ÓBVIO

O que é que acontece hoje no mundo ou no Brasil que merece realmente a nossa detida atenção? No mundo, nada digno de nota a meu ver, exceto o terror na Europa e as trapalhadas de Trump. Contudo, se formos pesquisar nos meios de comunicações nacionais, talvez em jornais importantes, em sites e televisões, nos cansaríamos de ver e rever as mesmas notícias. Tenho me assustado diariamente com o jornal da noite, igualzinho o de manhã, quando de repente ouço a mesma notícia requentada de ontem, as mesmas gravações de políticos e empresários corruptos, a mesma notícia de antes de ontem, do mês passado, do ano passado. Enfim, onde estou, sempre penso que estou em outra parte e em outro lugar.

Por conta disso, às vezes penso que não vale mais a pena escrever sobre o nosso dia a dia, ninguém se importa com que se fala, com que se escreve, com que se julga como certo ou errado, moral ou imoral. Os juízes do Brasil, os da suprema corte, assumiram para si a responsabilidade de todos os outros agentes públicos do país, até mesmo o papel das polícias, dos políticos municipais e federais, do congresso, do senado e de todos os foros de discussões nacionais, tudo tem que ser decidido por meia dúzia de intocáveis do judiciário, tão contaminado com a corrupção quanto os políticos de carreira, pois estes senhores são em essência políticos em cargos de confiança, não raro colocados em seus postos por amigos em altos cargos administrativos, como presidente da república.

O povo, sobretudo o brasileiro, não tem cultura de revolução, ninguém sangue nas veias para lutar pelo que necessita ou almeja, se agita, aqui ou ali, manipulado por algum agente político-ideológico, como sindicatos ou partidos marginais. Não há a menor chance de que o povo brasileiro venha produzir alguma transformação importante no cenário atual, de extrema instabilidade política e econômica. Contudo, mesmo com a desaprovação pública, o governo, agora comprovadamente ilegítimo e processado, implicado em alta corrupção, está conseguindo emplacar suas grandes e transformadoras reformas, como a da previdência e a reforma trabalhista.

Os políticos “limpos, ” os poucos que ainda não foram envolvidos ou denunciados na lava jato e em outras operações da polícia federal, não conseguem angariar votos nem apoio popular eficaz para travar as pautas do congresso, ou para cassar um senador bandido, afastado por corrupção comprovada e por ameaça de morte a um primo assessor.

Tudo continua sem definição, ninguém sabe o que pode acontecer amanhã, pode ser que o país acorde com uma nova e surpreendente notícia, a de que o país mudou, que trocou outra vez de presidente da república, por ordem do STF. Pode mudar várias vezes o líder principal, mesmo que seja de forma democrática, pelo voto, mas nada mudará de fato, troca-se a forma de ratoeira, mais não se troca o queijo nem se matam os ratos.

Evan do Carmo 21/06/2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s