Aprovada na CCJ proposta que torna crime hediondo a combinação de álcool, volante e vítimas fatais

Resultado de imagem para cristovam buarque
Senador Cristovam Buarque

A combinação de álcool e direção continua resultando em acidentes fatais. Para se ter uma ideia, se tornaram a primeira causa de morte de jovens entre 14 e 29 anos e vitimam mais de 40 mil pessoas anualmente no Brasil.

Na reunião da Comissão de Constituição Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, desta quarta-feira (13/09), foi aprovado um projeto (PLS 01/2008) que torna crime hediondo os acidentes com vítimas fatais provocados por motoristas alcoolizados ou que tenha feito uso de substâncias psicoativas. A proposta é do senador Cristovam Buarque (PPS/DF) e segue para análise na Câmara dos Deputados.

Segundo os registros da Polícia Civil, do Detran e do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER) somente em julho de 2017, no DF, aconteceram 6,4 mil acidentes de trânsito, sendo 765 vítimas. O número registrado no primeiro semestre do ano passado chegou a 6,5 mil.

De janeiro a junho deste ano, ocorreram 116 mortes no trânsito. No mesmo período do ano passado, foram 191 mortes. Apesar da redução de 37,6% em mortes por atropelamento, de janeiro a julho 48 pessoas perderam a vida, contra 77 registros ocorridos no mesmo período de 2016.

Cristovam acredita que a caracterização de hediondo para o crime de trânsito associado à embriaguez e com vítimas fatais evitará a impunidade. “Poderá também servir para reduzir de maneira drástica a irresponsabilidade de pessoas alcoolizadas ou sob efeito de substâncias psicoativas na direção de veículos”, disse.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s