COMO GANHAR UM NOBEL DE LITERATURA

dssdssdsd.jpg
José Saramago
 
Um dos escritores mais surpreendentes, a meu ver, foi José Saramago. Ele derrubou todos os tabus, preconceitos e estigmas sobre a pseudo formação acadêmica para se ser um escritor de sucesso, e sobretudo um bom escritor, visto que as duas afirmações não são a mesma coisa.
 
Além de ter escrito bons livros, embora tenha escrito alguns medianos e até alguns livros fracos, Saramago foi bem-sucedido, pelo fato de ter uma voz única, autêntica, especialmente no que tange à sua visão crítica e ao mesmo tempo otimista sobre o caos que é o mundo em que vivemos.
 
Saramago fez severas denúncias sociais com seus bons romances, destaco dois livros: o Ensaio sobre a cegueira e o Ensaio sobre a lucidez. Essas obras seriam suficientes para que ele galgasse o patamar de importância que conseguiu na literatura mundial. Contudo, dizem os críticos, que seu livro mais importante para este fim fora o Levantando do chão. Mas críticos nunca são bons escritores, então deixemos os críticos de lado. 
 
Então, ainda é possível para um escritor do terceiro mundo, como o Brasil, encantar os geniais conselheiros da Academia Sueca? Rapidamente diriam os meus pares, que isso nunca será possível, aliás, Saramago foi até agora o único escritor de língua portuguesa a ser laureado com tal coroa de louros e vaidades humanas. 
 
Uma coisa é fato, existem poucos bons escritores no Brasil no momento, os que poderiam ganhar um nobel já estão mortos; autores com Machado de Assis, Guimarães Rosa, Ariano e outros poucos, todos mortos. Poetas são muitos, também mortos, poetas como Vinicius, Drummond, Bandeira, Quintana, mas poetas raramente são prestigiados na dita Academia Sueca.
 
Acredito, que para se ganhar um nobel de literatura seja preciso não só ser um escritor genial,  se faz também necessário algo mais, como ser um ativista político e cultural, alguém que tenha saído  das entranhas da miséria e que conseguira sozinho, alcançar o reconhecimento mundial com sua literatura e com seus projetos sociais… Mas um nobel, como nos mostrou Bob Dylan não é coisa assim tão importante, muito menos trata-se de um prêmio feito única e exclusivamente para agraciar escritores.
 
 
 
Evan do Carmo 28/02/2019

.

Evan do Carmo 28/02/2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s