BRB DESCUMPRE LEI DE ENDIVIDAMENTO DE SERVIDORES DO GDF, EM 30%

Resultado de imagem para brb

O BRB, Banco Regional de Brasília que ainda mantem monopólio sobre pagamentos de servidores do GDF, não cumpre a lei que limita em 30% porcentagem de endividamento dos servidores correntistas.

Muitos servidores estão apelando para a justiça, contudo existe uma divergência entres os juízes do DF, sobre esse percentual de 30% no contracheque. Alguns desses juízes acreditam que essa lei só se aplica para o desconto no contracheque, por isso empréstimos feitos direto no banco não entram nessa conta dos 30%,. Eles afirmam em suas sentenças que os 30% só se aplica para os valores descontados em folha.

Não é legal nem moral esse argumento jurídico por parte de magistrados do DF, uma vez que muitos servidores estão em situação de carência severa, muitos não estão dando conta nem mesmo de sobreviver com o mínimo de dignidade. Esses endividados não conseguem comprar remédios essenciais,  nem pagar o aluguel de suas moradias. Trata-se portanto de um caso de desumanidade, pois o estado devia proteger esses cidadãos que são vítimas do sistema cruel e capitalista.

É no mínimo duvidosa essa conduta do judiciário, pois no Brasil atual essa classe está de fato desacreditada, ainda mais quando se trata de litígio entre ricos e pobres. Esse senhores desconhecem o fato, de que vários servidores, sobretudo aposentados e idosos já cometeram suicídio por conta da vida miserável que essa situação de endividamento os impõe.

Evan do Carmo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s