Suspeitos de hackear Moro tiveram movimentação bancária atípica, diz juiz .

Resultado de imagem para hackers sérgio moro

Na decisão em que determinou a prisão de quatro suspeitos de invadir o celular do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e outras autoridades, o juiz Vallisney de Souza Oliveira afirmou que relatórios apontaram movimentações suspeitas em nome de dois deles.

De acordo com o despacho, o DJ Gustavo Henrique Elias dos Santos movimentou entre os dias 18 de abril e 29 de junho de 2018 R$ 424 mil numa conta sendo que em seu cadastro bancário consta a renda mensal de R$ 2.866.

Já Suelen Priscila de Oliveira, mulher de Gustavo, movimentou a quantia de R$ 203.560 mil entre 7 de março e 29 de maio deste ano, sendo que em seu cadastro consta a renda mensal de R$ 2.192. Os dois foram presos ontem em São Paulo. … –

“Diante da incompatibilidade entre as movimentações financeiras e a renda mensal de Gustavo e Suelen, faz-se necessário realizar o rastreamento dos recursos recebidos ou movimentados pelos investigados e de averiguar eventuais patrocinadores das invasões ilegais dos dispositivos informáticos (smartphones)”, escreveu o magistrado. .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s