O moralista

Há alguns anos, creio que foi exatamente em 2010, quando escrevi um livro intrigante, onde registrei alguns eventos importantes, que foram notícias nacionais e internacionais.

Na época eu estava trabalhando na (CLDF), câmara legislativa de Brasília, como assessor de um deputado, inclusive esse senhor fazia parte de um processo, o qual tinha nome de caixa de pandora.

É um livro incomum, nos moldes de Notas de subsolo do escritor russo, Dostoiévski . Misturei ficção com a realidade de Brasília, sobretudo da política do momento em que escrevi.

Penso que foram esses eventos que me despertaram para a escrita dessa obra, hoje já traduzida para o inglês. O Moralista. Acredito que os eventos atuais, especialmente os nacionais, envolvendo o governo federal devem ser registrados em livro, não só na imprensa. Por isso, ressuscitei o Moralista para um nova aventura literária.

 

https://www3.livrariacultura.com.br/moralist-the-46713437/p

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s