Itália fecha lojas e bares para conter novo coronavírus

Garçom com luvas recebe pagamento de cliente em restaurante em Roma, na Itália, na quarta-feira (11) — Foto: Reuters/Remo Casilli

Itália terá novas medidas para conter o novo coronavírus, anunciou o primeiro-ministro Giuseppe Conte nesta terça-feira (11). Entre elas, estão o fechamento de serviços considerados não essenciais.

Na prática, o governo italiano estabeleceu as seguintes medidas:

  • Todo o comércio, exceto farmácias e mercados que vendem alimentos, devem ficar fechados.
  • Estabelecimentos que não puderem garantir um metro de distância entre clientes não poderão abrir. Com isso, bares e salões de beleza ficarão fechados.

Conte afirmou, ainda, que os italianos não precisarão correr aos supermercados para comprar alimentos — estabelecimentos do tipo continuarão abertos. Imagens de prateleiras vazias foram vistas na Itália e em outros países em meio à crise gerada pelo novo coronavírus.

As novas medidas foram anunciadas dois dias depois de o governo da Itália estabelecer restrições à circulação em todo o país.

Ao anunciar as medidas, Conte afirmou que os efeitos das medidas de contenção devem aparecer nas próximas duas semanas. O premiê italiano ressaltou que o aumento no total de casos não necessariamente levará a tomada de decisões ainda mais duras.

Até a última atualização desta reportagem, a Itália tinha 12.462 casos confirmados de Covid-19, a doença do novo coronavírus. 827 pessoas morreram.

Reportagem em atualização

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s