Bolsonaro volta a prometer remédio contra o coronavírus ‘para os próximos dias’

“O tratamento da Covid-19, à base de Hidroxicloriquina e Azitromicina, tem se mostrado eficaz nos pacientes ora em tratamento”, assegurou Bolsonaro, mesmo sem testes concluídos. Uso da substância já ocasionou a morte de pessoas nos Estados Unidos e Nigéria

Jair Bolsonaro voltou a prometer em seu Twitter um remédio rápido contra o coronavírus. A substância apontada por ele é a Hidroxicloroquina e também a Azitromicina.

A Cloroquina, indicada também pelo presidente norte-americano, Donald Trump, como solução para a Covid-19, matou um homem nos Estados Unidos e dois na Nigéria recentemente.

“O tratamento da Covid-19, a base de Hidroxicloriquina e Azitromicina, tem se mostrado eficaz nos pacientes ora em tratamento. Nos próximos dias, tais resultados poderão ser apresentados ao público, trazendo o necessário ambiente de tranquilidade e serenidade ao Brasil e ao mundo”, escreveu Bolsonaro.

De acordo com estudo técnico elaborado pelo Hospital Sírio Libanês, a eficácia e a segurança dos medicamentos em pacientes com Covid-19 é incerta.

Ele também anunciou a chegada de um novo teste para coronavírus no Brasil que mostra se o paciente foi contaminado e curado e, portanto, se pode voltar à circulação normal pelas ruas. Bolsonaro reitera a cada dia sua posição de minimizar os impactos do coronavírus.

“Por outro lado, chega ao Brasil o teste de imunocromatografia (IgG/IgM), no qual o cidadão fica sabendo se já foi contaminado e curado. Esses imunizados poderiam circular livremente com mais tranquilidade, como, por exemplo, profissionais de saúde, segurança, transporte e etc”, disse.Jair M. Bolsonaro@jairbolsonaro · 

O tratamento da COVID-19, a base de Hidroxicloriquina e Azitromicina, tem se mostrado eficaz nos pacientes ora em tratamento. Nos próximos dias, tais resultados poderão ser apresentados ao público, trazendo o necessário ambiente de tranquilidade e serenidade ao Brasil e ao mundo.Jair M. Bolsonaro@jairbolsonaro

Por outro lado, chega ao Brasil o teste de imunocromatografia (IgG/IgM), no qual o cidadão fica sabendo se já foi contaminado e curado. Esses imunizados poderiam circular livremente com mais tranquilidade, como, por exemplo, profissionais de saúde, segurança, transporte e etc…21,4 milInformações e privacidade no Twitter Ads5.833 pessoas estão falando sobre isso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s