Eduardo Cunha segue para prisão domiciliar devido coronavírus

O político, de 61 anos, se enquadra no grupo de risco da doença, que causa mais mortes em idosos

Câmara cassa mandato de Eduardo Cunha

O ex-deputado federal Eduardo Cunha teve a prisão preventiva convertida para prisão domiciliar na tarde desta quinta-feira, 26. O texto da medida foi assinado pela juíza Gabriela Hardt, da 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, com a justificativa da pandemia do coronavírus.

O político, de 61 anos, que se enquadra no grupo de risco da doença, terá que usar uma tornozeleira eletrônica. No entanto, Cunha ainda deve esperar ter alta hospitalar já que foi submetido a uma cirurgia.

*Mais informações em instantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s