SETE MESES SEM BRINCAR COM MEUS NETOS

Daria qualquer coisa menos valiosa que a vida para abraçar e rolar pelo chão da inocência dos meus netos.

Como faço parte dos sensatos, dos que amam e preservam a vida a qualquer custo, não tenho pressa para me arriscar, contudo, às vezes me pergunto se ainda seremos os mesmos.

Diante da tragédia mundial, e da maior de todas, a daqui no Brasil com 145 mil mortos, o que é o desejo egoísta de um avô?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s