POEMA SOBRE O HOMEM…

SÍNTESE

Partícula de pó, do verso vida,
incongruência de tanta lida,
sujeito imperfeito
do verbo sorrir, hiato mudo
da melodia tônica
pedaço de caos
na euforia atômica.
O homem, substantivo
ora masculino
e a mulher, finitude do amor
fio invisível da trama de Deus.
O que somos nós, no mundo físico,
o sexo, o desejo, o canto a voz
o impossível e o improvável?
A lucidez de tanto querer,
somos tudo o que permitimos ser 

EVAN DO CARMO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s