Biden assina medidas para estimular a economia dos Estados Unidos

Joe Biden assina ordens executivas para a economia — Foto: Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou nesta sexta-feira (22) duas ordens executivas para combater os impactos da pandemia de coronavírus na economia do país. As medidas envolvem um plano de regaste econômico – antes de assumir o cargo ele anunciou um pacote de US$ 1,9 trilhão – e medidas de proteção da força de trabalho.

Entre as medidas propostas por Biden, estão o aumento do salário mínimo para US$ 15 a hora e a possibilidade de que o Departamento de Trabalho permita que as pessoas possam receber seguro desemprego se recusarem trabalho por risco de contrair coronavírus.

Presidente eleito dos EUA anuncia pacote econômico de US$ 1,9 trilhão

O governo precisa agir “com decisão e ousadia” para ajudar os americanos que estão vendo seus salários reduzidos e “mal se aguentam”, disse Biden na Casa Branca ao apresentar seu plano de ajuda econômica contra o coronavírus.

Segundo o presidente dos EUA, o plano de alívio do governo tem o apoio de empresas, trabalhadores e de Wall Street. “Se agirmos agora, nossa economia ficará mais forte no curto e no longo prazo.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s